O berço ideal

Para garantir o sono tranquilo do seu bebê, é importante prestar atenção no berço e ao que irá dentro dele. A regra principal é: mantenha a caminha vazia. O bebê deve ficar no berço apenas com a chupeta, caso ele use. Sabe aqueles protetores laterais? Pois é, além do risco de sufocarem a criança, podem servir de trampolim para pular do berço. O mesmo vale para cobertores, edredons ou brinquedos. Essa sensação de que precisa estar aconchegado de almofadas é sua, o bebê está bem!

Até os quatro meses, o indicado é usar apenas os rolinhos laterais do corpo e uma roupinha confortável de algodão. Você também pode utilizar o charutinho para manter seu filho mais tranquilo, nós já falamos dessa técnica em outro artigo e vale a pena procurar para conferir. O naninha pode ser introduzido a partir dos seis meses em média, mas travesseiros só a partir de um ano de idade que a criança utiliza.

Também é preciso prestar atenção às características do berço. O colchão deve encaixar perfeitamente, evitando folgas nas laterais da cama. As grades de proteção devem ter pelo menos 60 centímetros de altura. Essa medida precisa ser ajustada com o tempo, na medida em que a criança passa a ficar sentada ou de pé. Importante ser sempre acima do peito. Também é legal verificar se o estrado da caminha tem a altura regulável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *