Passando longe dos rótulos

Vocês sabiam que rotular uma criança pode prejudicar seu desenvolvimento para a vida inteira? Pois é verdade!!! Isso acontece com muita frequência e é um assunto que precisamos dar um olhar especial.

Chamar uma criança de hiperativa, louca, burra, agitada, chata… Ou simplesmente dizer coisas como “ele não gosta de frutas” ou “ele só dorme comigo”. Essas afirmações podem limitar as capacidades das crianças. Elas escutam tudo o que falamos, mesmo quando estão brincando e parecendo distraídas. Por isso, temos que ter cuidado com o que falamos perto delas.

E quando alguma frase como essa é repetida pela família, a criança internaliza e pode passar a acreditar que ela é assim mesmo. Se você falar que seu filho só dorme com você, ele só vai dormir com você mesmo. A criança pode começar a acreditar que é assim e passa a se comportar de acordo com os rótulos que colocamos nela.

A dica que eu deixo para os pais é sempre elogiar quando a criança faz algo positivo. E ensinar o que é correto, sem rotulá-la. Por exemplo, em vez de dizer “você é mau, bateu no seu irmão”, diga: não bate no seu irmão, isso machuca”. Acredite, faz toda a diferença!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *