Colo não vicia

Os bebês precisam de amor, de acolhimento e de muito colo. Então, esqueça aquela história de que colo vicia, que as crianças não vão querer sair do colo se abusarmos desse gesto de carinho ou que seu filho ficará mimado. O colinho é muito importante, principalmente nos primeiros meses de vida.

A teoria da exterogestação, por exemplo, aponta que a gravidez não dura apenas nove meses, mas 12. E esses últimos três meses ocorrem fora da barriga. Nesse período de vida, o colo é muito importante. Claro que o colinho do papai também é bom, mas o da mãe ainda tem o “bônus” de trazer a lembrança dos batimentos cardíacos e da voz aos quais a criança estava acostumada no útero.

Colocar o bebê em um sling ou canguru também ajuda nesse período de transição. Com isso, é possível carregar a criança numa posição parecida com a barriga onde ele estava acostumado. Quando não puder dar colo, fazer um “pacotinho” ou um “charutinho” utilizando uma manta também ajuda a mantê-lo tranquilo.

Mas é claro que não são só os bebezinhos que gostam de colo. Estudos apontam que o colo é fundamental para o desenvolvimento físico, psíquico e emocional das crianças. E um colinho sempre é bom, né?!! Então aproveite para dar muito colo enquanto seus filhos ou filhas ainda são pequenos. Essa fase passa tão rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *