Baby blues e depressão pós-parto

A parte boa da maternidade todo mundo sabe e é muito falada, mas é preciso desmistificar essa “glamorização” do pós parto. Pois a chegada de um bebê também é acompanhada de mudanças e desafios na vida dos pais. Algumas mulheres podem, inclusive, experimentar sentimentos de melancolia e tristeza após o nascimento. É o chamado “baby blues”, que é muito comum e normal de ocorrer, um estado mais depressivo, que pode vir acompanhado de instabilidade de humor, irritabilidade, tristeza, indisposição, insegurança, sentimentos de incapacidade ou baixa auto-estima. Normalmente esses sentimentos chegam uma semana após o parto, mas desaparecem ou diminuem após o primeiro mês de vida do bebê. Geralmente onde da aquela vontade de chorar no banho ou quando alguém chega em casa.

Caso esses sintomas se agravem ou não sejam superados com o tempo, podem se desenvolver para uma depressão pós-parto. Essa condição que pode trazer prejuízos para a mãe e também para o bebê, prejudicando a qualidade do sono da criança e seu desenvolvimento emocional. Nesse caso é necessário acompanhamento com psicólogo, psiquiatra e uma boa rede de apoio.

Agora me contem, vocês já tinham ouvido falar no Baby Blues? Passaram por isso? Vamos trocar experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *